Revista Zap Imóveis » Serviços

Vaga de garagem: motivo de polêmicas que costumam virar brigas em condomínios

Tags:

alugueis

,

aluguel

,

apartamento

,

apartamentos

,

carro

,

carros

,

Casa&

,

casas

,

CONDOMÍNIO

,

condomínios

,

convenção

,

empréstimo

,

estacionamento

,

garagem

,

locação

,

moradias

,

polêmicas

,

prédio

,

prédios

,

unidade

,

vaga

,

vaga de garagem

,

visitantes

publicado em 07/07/2010 às 17:15 ,
atualizado em 03/08/2012 às 9:35
por Mariana Belmont | Fonte: O Globo

Comentar
Convenção de condomínio deve disciplinar o uso da garagem nos condomínios (Foto: Divulgação)

Convenção de condomínio deve disciplinar o uso da garagem nos condomínios (Foto: Divulgação)

A cena é comum e provavelmente vai soar familiar: na garagem do condomínio, objetos como bicicletas, pranchas de surfe e até móveis são guardados nas vagas, muitas vezes ultrapassando os limites do lote do dono e invadindo o espaço do vizinho. Essa questão e outras, como o empréstimo da vaga a visitantes e o aluguel do espaço para terceiros, costumam gerar polêmicas – que, não raro, terminam em brigas – nos condomínios.

O advogado Hamilton Quirino ressalta que as vagas de garagem constituem um acessório da propriedade principal autônoma (apartamentos ou casas) e podem ter diferentes naturezas jurídicas:

“Há a vaga de garagem, demarcada ou não, que tem fração ideal própria, distinta da propriedade da unidade autônoma. Neste caso, a fração ideal da vaga poderá, em caso de venda, ser transferida para a matrícula do imóvel do adquirente, se no mesmo condomínio. Há a vaga, demarcada ou não, com parte da fração ideal da unidade autônoma. Poderá ser vendida, mas não será transferida a fração ideal. E ainda aquela que faz parte da área comum do condomínio, detendo, cada condômino, apenas o direito de uso.”

Segundo o advogado, mesmo nos dois primeiros casos, a convenção de condomínio poderá disciplinar o uso da garagem, informando se poderão ser guardadas motos e bicicletas, se haverá vigia, e se o condomínio é ou não responsável por furtos e avarias, por exemplo.

“Também poderá ser especificado o critério em caso de carros ficarem presos, sendo necessário, então, serviço de manobrista. No caso de a vaga ser parte da área comum do condomínio, será necessário constar da convenção, ou do regulamento interno, as regras para utilização das vagas de garagem, de forma mais abrangente e detalhada. Por exemplo, se há mais carros e menos vagas, será necessário disciplinar o funcionamento”, frisa ele.

Quirino afirma que as principais reclamações são quanto a furtos nos veículos, avarias, carros grandes ocupando vagas menores e carros mal estacionados. O advogado diz ainda que não se deve guardar objetos pessoais nas vagas de garagem, pois, em caso de dano ou furto, o que prevalece é a não obrigação de indenização, por parte do condomínio, salvo disposição em contrário da convenção. Quanto à locação da vaga para terceiros, ele diz que a prioridade do aluguel é para condôminos e moradores.

“Pelo Código Civil, as vagas de garagem poderão ser alugadas para qualquer pessoa, mas a convenção poderá proibir que sejam alugadas para quem não mora no condomínio.”

Na administradora carioca Apsa, as principais queixas são relacionadas à quantidade de obstáculos que muitas garagens possuem e ao pequeno espaço para os motoristas realizarem manobras com os veículos. Washington Rodrigues, gerente geral de condomínios da empresa, lembra que, na Zona Sul carioca, a falta de espaço na garagem está mais evidente, pois há muitos prédios antigos. Uma das opções para resolver o problema, diz ele, é contratar um profissional especializado:

“Um arquiteto terá condições de elaborar um layout, reformulando toda a área da garagem, aumentando o número de vagas no local. A diminuição do tamanho das vagas demarcadas também é uma opção, mas vale lembrar que, para os novos prédios, existe uma legislação que estabelece o tamanho da garagem em relação ao número de vagas exigidas. A área de uma garagem deverá ser de 50 metros quadrados por vaga. O código de obra determina que o número de vagas por unidades seja igual ao de quartos menos um. Ou seja, se a unidade tem três quartos, deverá contar com duas vagas na garagem, mas, se for de um quarto, uma vaga será exigida”, observa Rodrigues.

Gerente geral de condomínios da administradora Itambé, de São Paulo, Vania Dal Maso afirma que, caso um condômino desobedeça o que estipula a convenção, a primeira providência a tomar é enviar uma notificação ao proprietário.

“Caso não resolva, aplicamos uma multa com valor baseado na convenção do condomínio, que pode ser duplicada ou triplicada. No caso de objetos nas vagas, se eles estiverem em áreas de acesso ou em locais que não são as vagas propriamente ditas, o síndico poderá providenciar a remoção, depois de advertir e multar, e a guarda dos bens, comunicando o proprietário sobre o fato e que ele terá o prazo para retirada, sob pena do condomínio promover a doação dos mesmos”, afirma Vania.

LEIA MAIS:

CONHEÇA OS CINCO PROBLEMAS QUE MAIS ATORMENTAM OS CONDÔMINOS

GARAGENS EM ARRANHA-CÉUS

VAGA NA GARAGEM PODE CUSTAR ENTRE R$ 10 mil E R$ 40 mil

publicado em 14/05/2012 �s 14:37,
atualizado em 16/05/2012 �s 16:49
por Raiane Nogueira | Fonte: Jornal Extra

Comentários (45)


  • arminda disse:    ( 02.07.2014 às 16:04 )

    e certo fechar a caragem na entrada do predio com tijolos mas fica tampando a visao do predio.


  • Revista Zap Imóveis disse:    ( 02.07.2014 às 15:09 )

    Olá Alice,

    se seu carro está sendo comprometido por algum problema na estrutura do prédio, a síndica deve tomar alguma atitude para reparar o defeito.


  • ALICE TAVORA disse:    ( 30.06.2014 às 14:35 )

    Bom dia, na coluna do estacionamento, que è de madeira, pois sustenta o telhado, existe um parafuso virado para o lado da vaga que ocupo, jà quebrei o espelho retrovisor duas vezes. Resolvi, então colocar um suporte de borracha, próprio para proteger a coluna. A sindica retirou o suporte, alegando que deixa diferente das outras colunas. Gostaria de saber se ela esta certa ou eu posso entrar com uma ação para colocar esse suporte. Obrigada Alice


  • Revista Zap Imóveis disse:    ( 04.06.2014 às 10:57 )

    Olá Janaina,

    se você estiver com a o carro e a bicicleta dentro do limite da vaga não há problema. Só é preciso respeitar o limite da vaga e se atentar para não atrapalhar os demais moradores.


  • Janaina Pinheiro disse:    ( 03.06.2014 às 23:17 )

    Boa noite,sou moradora em um condominio e tenho direito á uma vaga
    porem deixo minha bike e o carro detro do limite…Hoje tiraram minha bike e levaram para zeladoria e disseram que tenho que retirar lá e que não é permitido colocar no estacionamento e não tem bicicletario.Gostaria de saber se posso usar a minha vaga como fazia antes(bike e carro)…Estou muito chateada…


  • Caroline Pereira disse:    ( 22.01.2014 às 14:54 )

    Olá Ana Paula. Nesse caso é bom contar com o suporte de seu advogado para resolver essa questão. Ele poderá revisar o que foi estabelecido em contrato e verificar seus direitos.


  • Ana Paula Goulart disse:    ( 22.01.2014 às 11:57 )

    Comprei um apartamento de 03 quartos, na hora da compra o vendedor falou que teriamos direito a 02 vagas. Na escritura veio escrita apenas 01 vaga, quesstionamos e ele falou que ficasse-mos tranquilos, era um procedimento normal, porém todos os moradores teriam direito a 02 vagas, devido a visitantes.
    Agora o apartamento ficou pronto no inicio até podiamos, mas agora com o cartão de identificação vale o que está na escritura. Tenho como recorer? existem outros condominos que não foram inocentes como eu e exigiu que viesse escrito 02 vagas.
    O código de obra, pode me ajudar nesta questão?


  • Caroline Pereira disse:    ( 17.12.2013 às 17:47 )

    Olá Rodolfo. Esse é um problema que pode ser resolvido ou esclarecido com o seu condomínio. Converse com a administradora.


  • Rodolfo Marques Américo disse:    ( 14.12.2013 às 16:27 )

    Bom dia

    Meu pai tem um boxer da peujeot e estao querendo proibir ele de estaciona-lo em nossa garagem. No entanto o carro cabe sem problemas.

    O que devemos fazer?


  • Caroline Pereira disse:    ( 19.11.2013 às 16:48 )

    Wenderson, consulte os profissionais que administram o seu condomínio para verificar essa resposta. Eles poderão dizer quais são os seus direitos.


  • Wenderson Barros disse:    ( 17.11.2013 às 22:59 )

    Boa noite, sábado terá uma reunião de condomínio e gostaria de esclarecer uma dúvida, para na hora da votação eu ter argumentos para reinvindicar.
    Comprei um apartamento PNE, com o meu tem mais 3 aptos desse jeito nas duas torres, e sábado será o sorteio das vagas das garagens, queria saber se pelo fato do meu apto ser PNE eu já tenho uma vaga dessa sem ter que participar do sorteio? Caso sim, tem alguma lei que prova isso? Obrigado


  • Denise Lima disse:    ( 02.10.2013 às 18:20 )

    Boa tarde!
    Tenho 2 vaga de garagem e só tenho 1 carro, ontem coloquei provisoriamente as minhas pranchas na minha vaga que está vazia, entre meu carro e a parede, dentro do desenho (limite) da minha vaga, enfim, hoje recebi o recado do porteiro que o sindico mandou tirar, no regimento interno do condomínio diz que só pode guardar carro, moto e bicicletas… Moro aqui a meses e tem varias vagas com cadeiras, pneus, carrinho de bebê que também não pode e ninguém nunca tirou, eu tenho 1 dia e nem é definitivo e mandaram tiram… Fiquei muito chateada, gostaria de saber se independente do regimento interno poderia usar a minha vaga como bem entendo desde que não atrapalhe os demais?
    att,
    Denise Lima


  • thiago disse:    ( 08.09.2013 às 21:18 )

    Ola boa noite
    Moro em um predio que 18 apartamentos
    so tem 9 vagas, e meu ap tem a escrittura da garagem a parte ne
    so que na garagem tem 18 carros fizeram umas vagas alternatinha que tem q deixar o carra sem freio de mao ai a pessoa tem q ficar empurando ,
    Minha duvida é o seguinte, tem como eu saber na prefeitura ou algo parecido se Todos tem escritura de garagem???/ pq se 8 proprietarios pagaram a mais na garagem e 8 nao isso é meio sacanagem ne
    abs e obrigado


  • Alex Marins disse:    ( 05.09.2013 às 19:20 )

    boa noite, tenho um apartamento de 3 quartos; por lei posso estacionar 2 carros? por favor me fale sobre isso, limitaram o número de vagas para 1 carro somente. obrigado.


  • Anderson disse:    ( 31.07.2013 às 15:08 )

    Boa tarde tudo bem? Bom a minha pergunta é: Minha mãe possui um aptº e na escritura diz que ela tem direito a uma vaga , não exclusiva do aptº , eu não moro com ela e outro dia fui fazer uma visita o carro ficou na vaga no dia seguinte rolou um estress por isso, e enviaram uma multa para a minha mãe. Estou pensando em entrar com um processo contra o condomínio , eles podem tirar este direito da minha mãe mesmo que ela não possua carro e essa vaga seja dela por direito?


  • fredericks anders frota rodrigues disse:    ( 23.07.2013 às 16:10 )

    tenho direito a 01 vaga na garagem do meu predio mas o mesmo esta alugado a mais de anos e meus inquilinos não tem carro e quardo o meu carro nesta vaga, a algums dias tive noticias que alguns moradores estavam reclamando do carro parado na minha que tem direito; a minha pergunta é se posso ou não usar esta vaga se meus inquilinos não possui carro.


  • emanuel costha disse:    ( 08.06.2013 às 9:02 )

    Comprei um AP recentemente. So q minha vaga é en5re uma parede e uma coluna, sendo q essa coluna fica dentro da linha q demarca o limite, ou seja, fica dentro da vagà diminuindo a entrada e dificultando a entrada, sem falar q nao tem condicoes d guardar um carro maior. Soube q a contrutora tem um AP inda pra ser vendido. Gostaria de saber se posso entrar com um pedido judicial de relocaçao d vaga ja q falando com o proprietario, ele nao resolvel falando q nao tinha mais como pois as vagas ja estavam todas comprometidas. Agradecido.


  • Isabela disse:    ( 24.02.2013 às 17:18 )

    Olá, moro em uma casa, meu vizinho pediu para alugar a minha garagem, quanto devo cobrar? Moro na Taquara-Jacarepaguá-RJ. Obrigada


  • eunice guimaraes disse:    ( 01.01.2013 às 10:07 )

    moro em um condominio de 12 aptos destes 8 tem garagem e 4 aptos não,as mesmas são garagem fechadas e cabem dois carros posso reclamar e se os proprietarios pode usar a area comum em frente as garagem para estacionar carros de parentes e se eu tAMBEM POSSO,E SE EM CASO DE REFORMA NO PISO DO PATIO EM FRENTE ESTAS GARAGEM DO QUAL SOU PROIBIDA DE ESTACIONAR MEU CARRO SÓ ELES E FAMILIA PODEM SE SOU OBRIGADA A PAGAR ESTA REFORMA/POIS SE NAO POSSO USUFLUIR DA MESMA ME ACHO NO DIREITO DE NÃO PAGAR QUAL MEU DIREITO?POSSO USAR A FRENTE PARA COLOCAR MEU CARRO SE É AREA COMUM,DEVO ARCAR COM AS DESPESAS DAS MESMAS EM CASO DE REFORMA ME AJUDE POIS TENHO ASSEMBLEIA DE CONDOMINIO ESTE MÊS


  • João Holanda disse:    ( 08.12.2012 às 18:48 )

    João gostaria de saber o tamanho de um
    vaga de garagem de um condomínio????
    Moro em um conj abitasional do CDHU e tenho uma camionete Utilitário e o sindico que tirar a qualquer custo.
    Obrigado.


  • victor swami ribeiro alves disse:    ( 07.12.2012 às 22:55 )

    Quanto a Convenção não ser registrada no registro de imoveis, não invalida para uso interno, isto é, é válida para todos os efeitos aos condôminos, só não vale para terceiros.


  • Michelle disse:    ( 16.11.2012 às 20:46 )

    Boa noite.
    Preciso muito de informações que consigam me levar a uma solução imediata.

    eu sou Michelle, sindica de um condomínio do RJ. Bem estou assumindo o cargo levando um grande problema.
    Então vamos lá.
    O meu condomínio tem uma convenção onde nela estão transcritas todas as propriedades que contêm vaga. A convenção não é registrada no RGI. houve a tentativa, porém não conseguiram na época.
    Nunca tivemos problemas. Os proprietários sempre respeitaram a convenção, até chegar um condômino encrenqueiro.
    A situação é a seguinte. Na construção dos edifícios Assumpção e Paranaguá o regime adotado foi o condominial, onde cada condômino assumiu o pagamento mensal de um cota que resultou do rateio do valor estimado para a conclusão da obra. O prédio foi elaborado para funcionários da Telerj na época, em 70. Pelo regime adotado, cada condômino assumiu a responsabilidade de financiar a construção da sua unidade, bem como das partes comuns. Bem de ver que não havia, no projeto, a previsão de vagas de garagem. Ocorre que, em determinado momento, se verificou que o valor para a conclusão da obra estava aquém do necessário, face os efeitos da inflação. Assim, sem outra solução para o problema que se instalou, a comissão responsável pelo pagamento à construtora se viu obrigada a propor, em assembleia, a venda do direito de estacionamento nas dependências do condomínio A proposta foi aprovada pela assembleia, os condôminos que se interessaram compraram o referido direito e as vagas foram incluídas na convenção, vinculada ao apartamento do comprador.

    Então, a partir disto, agora uma moradora que alega que como a convenção não é registrada então essa convenção não é válida, que a área de garagem é parqueamento e que por isso ela pode colocar, deixando fazer com que a convenção não tenha validade. A minha pergunta é a seguinte. O que fazer neste caso. A convenção é válida sim dentro do condomínio, uma vez que teve mais de 2/3 de aprovação e que sempre valeu. O apartamento dessa moradora não tem direito. Ela invadiu, peita todo mundo, xinga, agride verbalmente, desacata no livro do condomínio, escreve cartinhas e coloca nas caixinhas dos moradores, enfim, cria uma imensa baderna. Eu quero muito uma luz. Preciso de um advogado bom que entenda desse assunto para me dar uma luz. Sou a quinta síndica em um ano. As pessoas desistem do cargo por causa dela que amedronta e diz que tudo vai processar. Eu não vou desistir quero ir a frente com ela.

    Aguardo uma resposta.
    Att,
    Michelle


  • Hélio Chaves disse:    ( 31.10.2012 às 22:06 )

    Caros,

    Resido em um prédio/condomínio que tem 20 apartamentos e destes apenas 4 têm, onde me incluo, unidade autônoma com a escritura individual do apto. Os outros 16 têm garagem mas como fração.

    No meu caso, tenho na escritura e pago IPTU por 25 m2 e na prática uso uma vaga demarcada com menos de 16 m2 que já existia na época quando comprei o imóvel (1988).

    Na verdade se houvesse o bom senso isso já teria sido resolvido em uma assembléia, onde poderia fazer uma remarcação/redimencionamento e dando a cada um de direito o seu espaço legal.

    Estou buscando agora algum meio (prefeitura, advogado especializado…) onde eu pudesse exigir que o condomínio demarque as vagas autônomas e assim resolver logo. Vocês teriam uma informação/caminho pra me orientar?


  • Leonardo Silva disse:    ( 10.09.2012 às 18:19 )

    Boa noite. Moro em um condomínio de apartamentos com vagas exclusivas e individuais. Tenho 2 vagas de garagem sendo que 1 delas é quase o dobro do tamanho da outra. Estou usando essa garagem maior para guardar 2 carros que cabem perfeitamente sem ocupar/atrapalhar área comum do prédio, passagem de moradores ou outras garagens. Inclusive o acesso às vagas de garagens é separado das outras unidades. São 4 vagas lado-a-lado, sendo 2 minhas, cada uma contendo seu próprio portão eletrônico. Recentemente recebi a informação que alguns moradores estão insatisfeitos. Como posso me precaver e lutar pelos meus direitos?? ouvi dizer algo sobre direito de propriedade, onde, mesmo que houvesse algo no regimento interno do condomínio restringindo o uso de cada garagem a apenas 1 carro, tal regimento não poderia ferir e prevalecer ao direito de propriedade. Desde já agradeço.


  • Juliana disse:    ( 09.09.2012 às 11:08 )

    Bom dia! Meu marido é médico e as vagas do nosso prédico não sçao demarcadas. Ele sempre tem problemas para sair, pois tem uma caminhonete, correndo de risco de chegar atrasado nas emergências quando chamado. O sub-síndico pegou umas das maiores vagas e fez uma “vaga para deficiente” em plena garagem do prédio e não deixa ninguém parar lá, somente ele quando não acha outra vaga. Isso é correto? Quem trabalha para salvar vidas não tem direito a uma vaga com mais fluidez? Grata!


  • ana gabriela disse:    ( 29.08.2012 às 22:28 )

    gostaria de saber, tenho moveis guardados na vaga de garagem do meu predio e o sindico disse que preciso tirar meus moveis de la, sendo que minha garagem nao impede nada e ninguem de transitar ou outra situaçao. nao tenho onde guarda-los. vou ter que me disfazer dos moveis, estou sendo obrigada a isto.


  • Márcia disse:    ( 13.08.2012 às 21:37 )

    Boa noite, tenho uma casa de dois andares, e somente uma garagem na parte de baixo, então quero saber se essa garagem é de meu uso, ou tenho que ceder aos inquilinos que ali moram na parted e baixo?


  • Willian disse:    ( 25.07.2012 às 11:08 )

    Olá,
    Para uma garagem de 13 vagas, qual seria o minimo em metros quadrados destinados para as garagens, contanto com espaço de manobra. Há alguma legislação a ser seguida?


  • Eduardo Fernandes Romera disse:    ( 16.04.2012 às 17:32 )

    Gostaria de saber se posso estacionar na minha vaga de garagem

    meu carro e minhas 2 motos.

    Obs: meu carro é pequeno e cabem as duas motos mais o carro

    na vaga.

    Aguardo resposta


  • MARIZE PICANCIO MARTTIE disse:    ( 11.04.2012 às 18:26 )

    Sou proprietária de um imóvel, que consta em seu RGI a vaga de garagem, assim como de todos os proprietários, devidamente marcadas ao chão, com númeração de apartamento/bloco.
    Ocorre que meu vizinho, como eu não possuo carro, passou a usar minha vaga, embora possua a sua própria garagem, como se dele fosse.
    Hoje em funçaõ de uma mega obra em minha rua, para construção de um viaduto, necessito de usar minha vaga, para os meus visitantes, já que não há como estacionar no lado de fora do condomínio, e não posso usufrui-la, já que o vizinho não desocupa a minha vaga.
    Tenho uma pessoa idosa em minha residencia, sob os meus cuidados, e, ela tem atendimento médico domiciar 4 vezes por semana, como fisioterapia….
    Desta forma, preciso de minha vaga, e não sei como proceder, para sanar este aborrecimento, já que me envolvo em discrção pelo menos 4 vezes por semana, por conta deste absudo.
    Marize


  • CID CORREA SICOLI disse:    ( 03.03.2012 às 1:39 )

    Boa noite
    Na Escritura de todos os apartamentos consta o número de vagas de cada um (duas ou tres vagas) já localizadas e numeradas.
    A Convencao, támbém estabelece o posicionamento e numeracao de cada vaga por unidade.
    Na Convencao, diz que: as vagas dos apartamentos sao de DIREITO EXCLUSIVO.
    A dúvida: pode o Condominio através de Regimento interno (ainda nao aprovado) delinear o que vc poderá usar na sua vaga, além do veiculo?
    Ou vc poderá, dentro dos limites de seu espaco, utilizar para a guarda eventualmente de algum objeto?
    Obrigado


  • maria eliana da silva neves disse:    ( 22.02.2012 às 14:29 )

    eu moro no condominio;


  • maria eliana da silva neves disse:    ( 22.02.2012 às 14:27 )

    boa tarde;tenho um apartamento;minha vaga esta vasia.o sindico fala q não posso colocar o carro dos meus visitantes .pq sou propietaria;;;obrigada..


  • Dr.benthien disse:    ( 21.02.2012 às 15:29 )

    disto que vi acima nada me serve, tenho uma garagem, e somente um um carro, mas o prédio são 90 aptos, e 30 garagens, sendo que sou dono do espaço, mas sempre tem alguem que estaciona atras de meu veiculo, as vezes nem sei de quem é o carro, a garagem eu sei de quem pertence, mas não é morador, vem muito raramente para este balneario camboriu, agora para achar o cidadão que coloca seu carro é dificil, alem de não poder sair, fico irritado com isto,
    sou médico as vezes tenho que sair em emergencia, e não consigo, minha alternativa é pegar taxi, o que me custa caro.
    a maioria dos aptos são alugados para temporada, e vira uma tremenda bagunça, não se conheçe ninguem, e se acha o proprietario do veiculo, não está saiu, ou de cara dura diz que não vai tirar o carro, que se dane, vim aqui para descansar, mas eu meus amigos estou aqui para trabalhar… e salvar vidas.
    não para ficar falando com gente chapada de bebida alcolica, que não está nem aí para nada…. já estou negociando uma garagem em outro condominio, fechada com capacidade para dois veiculos sem esta nojeira de pedir quase de joelhos para o cidadão tirar seu carro, para que eu possa sair.


  • Paulo disse:    ( 10.02.2012 às 22:26 )

    Minha garagem é a maior do meu condominio! Sou O UNICO morador que tem direito de colocar 3 carros, porem como so tem 1 carro ai oculpo apenas vaga… Como a garagem dos outros moradores são pequenas e mau cabe o carros deles, ele se acham no direito de colocar coisas em minha garagem, pois dizem q meu é espaço é grande e eu não oculpo todo e garagem deles é pequena… Acho isso uma cara de pau, o que eu tenho haver com o fato da garagem dele não caberem nada???


  • Meire disse:    ( 01.02.2012 às 3:42 )

    Gostaria de saber qual legislaçao fala sobre legislação “que estabelece o tamanho da garagem em relação ao número de vagas exigidas” e o tamanho de cada vagas?


  • Delma Maione disse:    ( 24.01.2012 às 15:14 )

    Comprei um apartamento com uma garagem que cabe dois carros pequenos folgados, o sindico comunicou que não posso guardar dois carros na garagem pois atrapalha a passagem de pedestre. Só que a garagem não é de acesso para pedestres tem o lugar proprio para passarem.


  • Ivair Rezende dos Santos disse:    ( 15.01.2012 às 13:55 )

    Tenho um apartamento na praia e o predio é pequeno 16 aptos e 8 vagas na garagem ou seja quem pegar primeiro usa (vaga coletiva)temos aviso e regulamentos que so podem usar as vagas proprietarios, só que o sindico usa vaga fora a que esta usando com seu veiculo, usa tambem para genros, parentes e até pessoas que sao parentes tipo (namorado de filha de condominos, filho de um dos conjugues que são locatarios de aptos)enfim pessoas que nao são ,proprietarios, ja denunciei na administração do predio e nada foi mudado ou seja continua com a mesma ação por parte do sindico ele deixa quem ele quer estacionar nas vagas;..pergunto o que devo fazer para acabar com esse incomodo…Desde ja agradeço a atenção…


  • Debora disse:    ( 21.12.2011 às 22:54 )

    Estou com um problema com meus vizinhos de garagem que por sinal sao os meus vizinhos de porta ao lado. Eles colocam um Ecosport, uma moto daquelas imensas, mais uma outra moto normal dentro da vaga da garagem. Nao posso abrir a porta do carona, pois a moto me impede. Eu entendo que uma vaga de garagem seja pra um carro ou moto e nao um carro e duas motos. Nao sei quais sao os meus direitos legais. Detalhe: essa vizinha e familia sao todos 171, e nem olham na minha cara. Moro sozinha e acho que por esse motivo eles tentam me intimidar. Alguem poderia me ajudar? obrigada


  • JOSÉ HERALDO DE ARAÚJO SOUSA disse:    ( 08.12.2011 às 23:01 )

    Prezado,

    Tenho uma vizinha que vive me incomodando porque não estaciono o carro no centro da minha garagem para que ela possa entrar com seu carrão em sua garagem sem muita manobra mas entendo que estando dentro da área que me é destinada a meus veículos eu não ter esta preocupação pois não estou invadindo a área que é destinada a seu veículo. Aliás nunca invadi. Será que ela pode me colocar na justiça para que eu centralize meu carro na minha garagem com vive me ameaçando.


  • ELISABETH RODRIGUES.’. disse:    ( 15.11.2011 às 23:18 )

    GOSTARIA DE SABER SE UM CONDOMINO PODE DEIXAR UM VISITANTE, OU FILHO OU MARIDO (NO CASO DE SEPARADOS) E QUE NÃO MORAM NO EDIFÍCIO COLOCAR O SEU CARRO NA GARAGEM. AFINAL DE CONTAS QUEM NÃO MORA NO EDIFICO NÃO PODE COLOCAR O SEU CARRO NA GARAGEM E NA VAGA DE OUTROS, E NEM NA DELE. POR QUE QUEM PAGA AS CONTRIBUIÇÕES CONDOMINIAIS SOMONÓS E NÃO ELE SOMENTE.


  • marcos disse:    ( 19.09.2010 às 2:19 )

    Moro em um conjunto Residencial composto por 3 edifcios interligados e possui uma garagem em cima e outra embaixo, sendo que as vagas so rotativas. O problema que muitos carros de no moradores adentram o estacionamento que no tem controle e fica uma baguna. Ento, os sndicos de cada edifcio se reuniram e reuniram tambm com seus respectivos condminos e ter uma reunio agora geral para organizar e demarcar as vagas, sendo uma para cada unidade autnoma. Minha pergunta : Para isso ter efeito jurdico tem que ser registrado em cartrio, mudar a conveno do condomnio? Qual o procedimento correto para ter valor legal?


  • Carol disse:    ( 03.08.2010 às 15:26 )

    Na garagem do meu edifcio, a cobertura tem direito uma vaga de garagem, s que em box de uso exclusivo (est na escritura do imvel!) s que neste box cabem 2 carros folgados! Este proprietrio tem direito parar seus 2 carros neste box, j que de seu uso exclusivo, mesmo que na escritura esteja constando apenas 1 vaga de garagem?
    Obrigada! Aguardo retorno! Carol- Rio de Janeiro


  • LOBO disse:    ( 12.07.2010 às 11:55 )

    O PROBLEMA NOS CONDOMINIOS SO NORMALMENTE 3 E COMERAM SEMPRE C/ A LETRA “C”, SO ELES: CACHORRO, CARRO E CRIANA.
    UM ABRAO A TODOS.


  • aviano de araujo fernandes disse:    ( 11.07.2010 às 19:11 )

    EXISTEM DUAS FAIXAS AMARELAS DIVIDINDO A MINHA VAGA DE GARAGEM COM A DO VIZINHO. COLOQUEI RECENTEMENTE O MEU ARMRIO EXATAMENTE AT O LIMITE DA PRIMEIRA FAIXA, QUE ENTENDO SER O LIMITE DO MEU ESPAO, MAS, O VIZINHO (RANZINZA), FEZ UMA NOTIFICAO NO CONDOMNIO DE QUE EU ESTARIA INVADINDO A REA DELE. GOSTARIA DE SABER O LIMITE DE CADA GARAGEM.



Deixe seu comentário:

(obrigatório)
(obrigatório, não será exibido)
(não será exibido)

Buscar notícia

encontre seu imóvel




Guia de compra

8

Dicas
na hora de comprar um imóvel